Monthly Archives: Agosto 2009

Extração de óleos cítricos no Rio Grande do Sul

RS – Cooperativa Ecocitrus começará a extrair óleos essenciais de citros
Montenegro – A Ecocitrus (Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí), de Montenegro, deverá começar a extrair óleos essenciais de citros. Para 2010, a expectativa é que a cooperativa de produtores de frutas cítricas orgânicas também passe a produzir suco NFC (não concentrado).

Com a nova planta processadora, instalada provisoriamente no município de Harmonia, a Ecocitrus quer manter o jovem no campo, agregar valor e renda e ainda viabilizar a citricultura familiar do Vale do Caí – região responsável por boa parte da produção de citros do Rio Grande do Sul.

A cooperativa está investindo aproximadamente R$ 2,2 milhões no projeto. A meta inicial, conforme o presidente do Conselho Administrativo da entidade, Ernesto Carlos Kasper, é processar cerca de cinco mil toneladas de mandarinas do raleio (verdes). Em um primeiro momento, serão beneficiados em torno de 500 citricultores da região. “O mais importante é que a nova planta processadora de óleos e de sucos NFC possibilitará o domínio de toda a cadeia produtiva”, ressalta Kasper.

A empresa foi formada em 1994, em Montenegro, por 15 pequenos agricultores como uma alternativa à agricultura convencional, dependente do uso de agroquímicos. Preocupados em manter suas famílias no campo, em diminuir os custos de produção e reduzir a poluição do meio ambiente, os produtores passaram a plantar e colher frutas usando adubo orgânico, sem agredir a natureza.

A ideia deu tão certo que hoje, 15 anos depois, cerca de 150 famílias rurais estão envolvidas diretamente com a Ecocitrus. A cooperativa conta atualmente com 110 associados, 49 sócios trabalhadores e cerca de 10 funcionários. A instituição tem uma área de 600 hectares onde 255 hectares são de cítricos. Em 2009, a projeção é que a Ecocitrus processe 2,5 mil toneladas de frutas. O faturamento gira em torno de R$ 5 milhões por ano.

ADUBO ORGÂNICO

Em 1995, para recuperar suas áreas, a cooperativa criou uma base de beneficiamento de adubos orgânicos, chamada de Usina de Compostagem de Resíduos Agroindustriais. Em parceria com 35 empresas da região, os resíduos orgânicos destas empresas são destinados para a Usina de Compostagem da Ecocitrus, na localidade de Passo da Serra, em Montenegro, que os transforma em adubo orgânico.

Assim, os 110 associados plantam e colhem frutas sem o uso de agroquímicos, poupando o meio ambiente da ação de venenos e produtos químicos. Ao todo, a cooperativa recicla 45 mil toneladas de resíduos industriais por ano e produz 15 mil toneladas de composto (sólido) e 15 mil toneladas de biofertilizante líquido por ano.

­Fonte: Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí – Ecocitrus – http://www.ecocitrus.com.br

http://www.agronline.com.br/agronoticias/noticia.php?id=9652