Pesquisadores da UNIFRAN iniciam busca por óleos essenciais contra cáries e outros problemas bucais

Óleos essenciais de espécies brasileiras cultiváveis com atividade contra patógenos da cavidade bucal

O biofilme dental é tido como o fator de maior importância dentro da etiologia das doenças bucais, sendo considerado o responsável pelas cáries e gengivites. A formação deste biofilme pode ser controlada através da manutenção da higiene bucal, que pode ser realizada de maneira eficiente através de métodos mecânicos (escovação).

Agentes quimioterapêuticos têm sido utilizados como coadjuvantes da remoção mecânica do biofilme dental, sendo que muitos destes agentes são obtidos de fontes naturais com atividade antimicrobiana. Dentre estas substâncias encontram-se os óleos essenciais, que são misturas complexas voláteis geralmente compostas por terpenóides (principalmente monoterpenos e diterpenos) e fenilpropanóides. Além da vantagem de serem extraídos com relativa facilidade, muitos óleos essenciais podem ser provenientes de espécies nerbáceas e arbustivas de pequeno porte, que são de propagação relativamente rápida.

Pensando em todos esses fatores e preocupados com a saúde bucal dos brasileiros, pesquisadores da UNIFRAN lançam projeto junto a Fapesp, que visa à prospecção de óleos essenciais com potencial para o desenvolvimento de novos produtos farmacêuticos destinados à manutenção da higiene bucal.

O presente projeto tem com objetivo a extração, a avaliação da atividade antimicrobiana frente a patógenos da cavidade bucal e a identificação dos constituintes químicos dos óleos essenciais de plantas brasileiras cultiváveis, com o com o foco inicial em 10 espécies: Alternanthera brasiliana (carrapichinho), Arabidaea chica (cipó-cruz), Artemisia camphorata (cânfora-de-jardim), Coreopsis lanceolata (margaridinha-amarela), Cynoglossum amabile (miosótis-da-china), Eclipta alba (erva-botão), lepidium virginianum (mentrasto), Stachytarpheta cayennensis (gervão), Senna occidentalis (fedegoso) e Tropaeolum majus (capuchinha).

Sem dúvida, mais um ponto para a pesquisa brasileira de óleos essenciais, para a saúde pública, odontologia, para a saúde preventiva, para a a fitoterapia e aromaterapia, para os brasileiros e principalmente para a humanidade!

https://i2.wp.com/www.planthogar.net/files/herbs_pics/capuchina.jpg

Capuchinha, do jardim para as mesas (trata-se de flor comestível), e agora no laboratório para ver se vira produto para a saúde bucal!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s